FULECO – O MASCOTE DA COPA DO MUNDO FIFA 2014

FULECO O MASCOTE DA COPA DO MUNDO DA FIFA DE 2014

Como todos já sabem, o Bioventura está sempre ligado e assuntos relacionados a Natureza e ecoturismo. Com a escolha do mascote da próxima copa do mundo, que será no Brasil, não foi diferente e trazemos aqui o nome escolhido pelos internautas de todo o país.

Depois de 2 meses de votação pela internet e com cerca de 1,7 milhões de votos, o nome Fuleco foi eleito e anunciado no dia 25/11/2012 como o nome oficial do mascote da Copa do Mundo da FIFA de 2014. O nome Fuleco é a junção das palavras futebol + ecologia. O mascote é um tatu-bola, um animal da fauna brasileira e ameaçado pela caça e destruição de seu habitat.

Segundo a FIFA, enfatizar a importância do meio ambiente e da ecologia é um dos objetivos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Resultados de uma pesquisa de opinião pública realizada pela FIFA em 2012 no Brasil confirmam a relevância dos temas da sustentabilidade e do meio ambiente entre o público do país-sede. Mais de 90% dos brasileiros acreditam que a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 deve ser ecologicamente correta.

Veja abaixo os antigos mascotes das copas passadas:

Conheça mais sobre o tatu-bola:

 

 

 

Esperamos que essa campanha da FIFA ajude essa bela espécie da nossa fauna e também outras que estão sobre a terrível ameaça de extinção.

Conheça mais sobre nossa fauna com o Bioventura em:

http://www.bioventura.com.br/fauna.html

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conheça os cartazes da cidades-sede mais ecológicas da Copa do Mundo FIFA de 2014 no Brasil

A FIFA divulgou os cartazes das 12 cidades-sede brasileiras da Copa do Mundo de 2014. E nós do Bioventura, elegemos os 3 cartazes mais ecológicos e que tem tudo a ver com nosso tipo de ecoturismo. O primeiro a ser escolhido foi o cartaz de Manaus, uma bela ilustração com duas araras-vermelhas-grande ou araracangas como também são conhecidas. O segundo cartaz escolhido foi de Cuiabá com um tuiuiú, o símbolo do pantanal, voando na arte. O terceiro é o cartaz de da cidade de Curitiba com uma araucária ou pinheiro-do-Paraná, símbolo do estado.

Araracangas no cartaz de Manaus. Duas araras vermelhas pousadas sobre uma trave de futebol resumem a relação que o pôster de Manaus para a Copa buscou: mostrar que, no coração da maior floresta tropical do mundo, somos todos torcedores por natureza. A capital amazonense receberá quatro jogos da Copa do Mundo da FIFA 2014.

Tuiuiú no cartaz de Cuiabá. No pôster da capital de Mato Grosso, o tuiuiú, ave símbolo do Pantanal, é um dos destaques. O futebol é representado pela bola nos pés do jogador. A vibração das pessoas com o evento, em especial da torcida pantaneira, é traduzida no movimento da bola e as formas que a cercam. O mapa do estado no centro da bola mostra que Cuiabá está preparada para receber o maior evento de sua história. A cidade receberá quatro partidas da Copa do Mundo da FIFA 2014.

A Araucária, símbolo de Curitiba e do Paraná, é onipresente na imagem de Curitiba. No plano das conotações, o pinheiro adulto se ergue para o infinito, feito taça de luz. É como se Curitiba fizesse um brinde ao futebol. A cidade receberá quatro jogos da Copa do Mundo da FIFA 2014.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conheça mais sobre esses animais e plantas escolhidas para representar nas cidades em nosso site: http://www.bioventura.com.br/aves.html

 

Se você quiser conhecer essas cidades e suas belezas naturais é só chamas o BIOVENTURA: http://www.bioventura.com.br/roteiros.html

Austrália assiste ao último eclipse total do Sol de 2012

Um eclipse total do Sol foi observado  ontem, terça-feira (13) a partir das 17h40 (horário de Brasília) no estado de Queensland, Austrália. Nuvens prejudicaram o espetáculo, mas, mesmo assim, foi possível observar o Sol totalmente coberto pela Lua por alguns minutos.

O eclipse pode ser visto a partir do Parque Nacional de Garig Gunak Barlu, a 250 quilômetros ao leste de Darwin (norte da Austrália) e se deslocou ao leste, através do Golfo de Carpentária. Estima-se que cerca de 60 mil pessoas entre cientistas e turistas de todas as partes do mundo foram ao estado australiano de Queensland para testemunhar o primeiro eclipse total sobre a Grande Barreira de Corais em mais de 1300 anos.

O eclipse solar total ocorre quando a Lua cobre totalmente o Sol, fazendo com que o dia se torne noite por alguns minutos. O fenômeno é diferente do eclipse solar anelar que aconteceu em maio deste ano e pode ser visto em diversas cidades do mundo. “Nele, a Lua está mais afastada da Terra e fica menor que o Sol. A Lua não cobre todo o Sol, deixando algo chamado de anel de fogo”, de acordo com João Paulo Delicatto, diretor do Planetário de São Paulo. João Paulo Delicatto afirma que o próximo eclipse total do Sol ocorrerá em 2019 e que fenômeno igual poderá ser observado no Brasil somente em 2045.

Nesta terça, o Sol ficou totalmente oculto pela Lua, reduzido a um disco negro com uma auréola dourada: sua atmosfera externa, que se estende por vários milhões de quilômetros. As estrelas também puderam ser vistas em pleno dia. Hotéis da região estão reservados há mais de três anos, e turistas chegaram a encher praias para assistir ao eclipse. Houve até uma maratona programada. Além dos astrônomos, outros cientistas também observaram o eclipse. Eles queriam acompanhar, por exemplo, como os animais respondem à escuridão repentina, com câmera submarinas na Grande Barreira de Corais.

 


Turistas assistem ao eclipse na praia de Palm Cove, na Austrália.

Os habitantes de Papua Nova Guiné, do extremo leste da Indonésia, da metade sul da Austrália e toda a Nova Zelândia desfrutaram de um eclipse parcial. A Polinésia, o sul do Chile e da Argentina, também poderão apreciar o fenômeno também de maneira parcial. Após um périplo de 14.500 km através do hemisfério sul, o eclipse terminará às 23H48 GMT (21H48 de Brasília) a cerca de 800 km ao oeste do Chile.

Os eclipses totais do Sol têm diferentes sentidos para várias culturas. A luz do dia desvanece no meio do dia e a Lua vagarosamente cobre o Sol, criando um lusco-fusco assim que a sombra é projetada na superfície da Terra. Povos ancestrais de várias culturas acreditavam que o eclipse trazia maus presságios e uma série de rituais era feita para assustar forças do mal que teriam devorado o Sol. Hoje, cientistas viajam pelo mundo para estudar este fenômeno raro e milhares de pessoas ficam satisfeitas simplesmente por ver este evento celestial da natureza.

Matéria publicada pelo IG.

Saiba mais sobre ecoturismo e natureza com o Bioventura  http://www.bioventura.com.br/apreenda.html

 

NOVO ROTEIRO DE AVENTURA COM O BIOVENTURA PICO DA BANDEIRA

Que tal subir em um dos mais altos picos brasileiro!!! O pico da Bandeira no estado do Espírito Santo tem aproximadamente 2.892 metros e está localizado na Serra do Carapaó. O Pico da Bandeira tem apenas102 metros a menos que o Pico da Neblina que tem aproximados 2993,78 metros e fica no norte do estado do Amazonas na Serra do Imeri. Já o segundo lugar, fica para o Pico 31 de Março com seus 2.973 metros, localizado também no estado do Amazonas na Serra do Imeri. A Serra do Imeri fica em áreas demarcadas dos índios Ianomâmis dentro do Parque Nacional do Pico da Neblina. Portanto o acesso a esses dois picos são restritos e depende de autorização prévia do IBAMA. Já o Pico da Bandeira tem acesso livre para turistas, dependendo apenas da liberação mediante a pagamento de uma taxa de entrada no Parque Nacional do Carapaó.

Pico da Bandeira o terceiro mais alto do Brasil

Informações sobre a aventura:

A subida de cerca de 4 kms, se inicia pelo lado capixaba no município de Dores do Rio Preto no distrito de Pedra Menina. Na caminhada a vegatação muda conforme a altitude. A temperatura é mais baixa e o ar cada vez mais rarefeito. Mas isto não é motivo suficiente para impedir a chegada ao topo para ver, em cima das nuvens, a paisagem mais exuberantes de todas.
Uma conquista inesquecível.

Nível de Dificuldade: Difícil
Duração do Passeio: 3 dias e 2 noites

Incluso:

– Seguro
– Translados hotel – aeroporto – hotel
Traslado em Jeep 4×4, pousada – parque Nacional Caparaó – pousada
Hospedagem de 2 dias em quarto duplo na Pousada Vila Januária com 2 cafés da manhã e 1 jantar
Lanche de trilha
Entradas e taxas no Parque Nacional do Caparaó
Acompanhamento de guia na subida

CRONOGRAMA DIA-A-DIA

DIA 1

  • Recepção no aeroporto em Vitória
  • Ida para pousada em Dores do Rio Preto
  • Pernoite em Dores do Rio Preto

DIA 2

  • Café da manhã – 5h40
  • Saída para o Parque Nacional de Caparaó em jipe 4×4: 6hs
  • Inicio da trilha
  • Almoço (lanche de trilha): 12hs
  • Retorno da trilha: 17/18hs
  • Jantar servido no restaurante da Pousada: 20hs
  • Pernoite em Dores do Rio Preto

DIA 3

  • Café da manhã
  • Saída para aeroporto em Vitória
  • Fim das atividades

* * Os horários   podem sofrer variações dependendo da disponibilidade dos horários dos voos.

Consulte as tarifas em nosso site: http://www.bioventura.com.br/espirito-santo.html

TARTARUGAS MARINHAS MORTAS EM JOÃO PESSOA

Duas tartarugas marinhas foram encontradas mortas em praias de João Pessoa nesta segunda-feira (5), os animais foram vistos por banhistas que caminhavam pelas praias do Cabo Branco e Manaíra, na orla da capital paraibana e avisaram a Organização Não Governamental Guajiru.

Dados da ONG, mostram que de agosto até este mês, já foram encontradas cerca de 100 tartarugas marinhas mortas na faixa litorânea que fica entre as praias do Cabo Branco em João Pessoa e Cabedelo na Região Metropolitana.

De acordo com Rita Mascarenhas, coordenadora da ONG Guajiru, uma das tartarugas foi encontrada durante o dia na praia do Cabo Branco e a noite outro animal foi encontrado na praia de Manaíra. Segundo Rita a tartaruga será recolhida pela manhã e será levada para a realização de uma necropsia, para investigar a causa da morte.

Rita Mascarenhas explicou ainda que na maioria dos casos são encontradas marcas de rede de pesca ou plástico dentro do aparelho digestório das tartarugas, sendo estas as principais causas de morte dos animais. “Amanhã, com a luz do dia iremos recolher essa tartaruga de Manaíra para examinar e ver o que causou a morte, hoje foram encontradas duas, mas já chegamos a encontrar até seis tartarugas mortas no mesmo dia, e geralmente encontramos plástico dentro do intestino delas, quando examinamos.”

Matéria publicada pelo G1. Globo.

No Brasil, existem 5 espécies de tartarugas-marinhas:

Tartarugas marinhas brasileiras.

Fonte: TAMAR.

Curta mais com o Bioventura, escolha um roteiro de ecoturismo e conheça nossa natureza.

http://www.bioventura.com.br/roteiros.html

A SUPER TEMPESTADE SANDY

Mais uma vez, ficamos sem ação diante da força da Natureza, que nos coloca em nosso lugar nesse planeta incrível  e instável em que moramos. Bastou um vento mais forte e uma maré mais alta para botar na cama a “cidade que nunca dorme”, New York e de quebra sua vizinha New Jersey.

New Jersey com seu famoso parque Seaside Heights destruído

A super tempestade Sandy passou pela Costa Leste dos Estados Unidos e Canadá e agora já está perdendo sua força e intensidade. Sua passagem pelos EUA e Canadá deixou um saldo de mais de 50 mortos, centenas de cidades sem energia elétrica, pessoas ilhadas, cancelamento de cerca de 18.000 vôos em todo o planeta, bilhões de dólares em prejuízos para a seguradoras cobrirem e conseguiu até interromper as campanhas eleitorais de Obama e Romney para a presidência dos EUA. Sandy também conseguiu afundar um veleiro usado no cinema, no  filme O Grande Motim de 1962 com Marlon Brando e também nos filmes Piratas do Caribe, sua tripulação foi resgatada pela guarda costeira, mas o capitão do navio não sobreviveu.

Bounty afunda nas águas revoltas de Sandy

Sandy ainda causou um grande incêndio no Queens, um bairro de Nova Iorque, destruindo cerca de 80 casas. Mas antes de chegar aos Estados Unidos e Canadá, Sandy mostrou sua força no Caribe, com cerca de 70 mortes nos países da região, a maioria foi no Haiti.Na verdade Sandy, é um furacão, foi chamada de tempestade pelos americanos, porque ao longo do seu trajeto, perdeu força e sua categoria foi rebaixada. Sandy tinha extensão de 1800 km de diâmetro.

New York sem energia elétrica, foi dormir e foi dormir cedo.

Mas, porque isso aconteceu em Nova Iorque e Nova Jersey?  Tormentas assim, são raras naquela região, essa aconteceu por fatores fora do comum para um furacão. Normalmente, os furacões que se originam no Atlântico na região do Caribe, seguem uma trajetória conhecida pelo Caribe e chega até o Golfo do México e o sul dos Estados Unidos, na Flórida. Mas esse, subiu pelo oceano até os estados mais ao norte do país.

Além disso, quando um furacão chega a terra firme perde força, mas Sandy encontrou em seu caminho uma frente fria e outra quente, esse contraste de temperatura contribuiu e alimentou a energia da tormenta.

Maré alta empurradas por fortes ventos… entram terra adentro.

Parece que o país mais poderoso do planeta não está preparado para uma “simples” tempestade, com um vento mais forte e uma maré mais alta. Isso já tinha sido comprovado, em 2005 com o furacão Katrina que destruiu New Orleans. Aqui no Brasil, nas regiões sul e sudeste, estamos na mesma. Por exemplo, na cidade de São Paulo, enfrentamos “Super Tempestades Sandy” em quase todas as tardes de verão… preparem-se o verão está chegando.

Saiba mais sobre fenômenos da Natureza com o Bioventura: http://www.bioventura.com.br/apreenda.html

Escolha também uma viagem de aventura, sem furacão é claro, com o Bioventura em http://www.bioventura.com.br/roteiros.html

ANIMAL DO DIA – BOTO-COR-DE-ROSA

O Bioventura lançou mais um novo roteiro de ecoturismo no Brasil e nesse lugar você pode encontrar e ver de pertinho esse belo animal. Acesse http://www.bioventura.com.br/amazonia-rot.html e descubra conosco as belezas naturais de nosso país. Para comemorar esse lançamento, ninguém melhor para apresentar que o Boto-cor-de-rosa, nosso animal do dia. Saiba mais sobre ele:

 

Nome científico: Inia geoffrensis

Nomeem inglês: Pink Dolphin

Tamanho: São os maiores golfinhos de água-doce e podem chegar a 2,50 metros

Alimentação: Grande diversidade de peixes. Costumam se aproveitar de barco de pescadores, roubando os peixes que ficam presos nas redes de pesca.

Ocorrência: Rios da bacia Amazônica

Características: Também conhecido como boto-vermelho, o boto-cor-de-rosa  é da mesma ordem das baleias, orcas e golfinhos marinhos . São golfinhos de água-doce que vivem em canais de rios, lagos mais profundos e áreas alagadas da Amazônia. Diferente dos golfinhos marinhos, possuem o corpo mais flexível, justamente para desviar e se contorcer entre as árvores e vegetação submersa dos igapós.
Como vivem em águas escuras  utilizam sonares próprios para se orientar através da reflexão de sons.
Geralmente são encontrados solitários ou em pequenos grupos, em áreas de alimentação e reprodução são encontrados grupos maiores.

Viva essa aventura na Amazônia com o Bioventura – http://www.bioventura.com.br/amazonia-rot.html

Você e o boto contato inesquecível…

 

ANIMAL DO DIA – CATITA

A equipe do Bioventura encontrou esse pequeno e simpático animal na região de Cotia,SP. Ele é popularmente chamado de catita ou cuíca-de-três-listras e considerado um animal em risco de extinção. Conheça mais sobre ele…

O mais curioso sobre esse animal é que ele pertence a ordem Didelphimorphia e família Didelphidae, ou seja, ele é um marsupial, assim como os famosos cangurus australianos. Os marsupiais são animais que possuem uma bolsa no abdome onde há mamilos para alimentar os filhotes prematuros até seu desenvolvimento completo. Essa bolsa é chamada de marsúpio. Isso é necessário, porque esses animais possuem uma placenta pouco desenvolvida e seus filhotes nascem prematuramente, assim que nascem seguem ao marsúpio e ficam abrigados com relativa segurança. Mas nem todas as espécies de marsupiais neotropicais (Methatheria) possuem marsúpio, diferente dos marsupiais australianos, como é o caso dessa catita.

Catita um pequeno animal da Mata Atlântica

CATITA OU CUÍCA-DE-TRÊS-LISTRAS

Família: Didelphidae

Nome científico: Monodelphis iheringi

Nome em inglês: Ihering’s Short-tailed Opossum

Tamanho: Cerca de 9 cm

Alimentação: onívoro-insetívoro

Ocorrência: Estados do Espírito Santo ao Rio Grande do Sul.

Características: Essa espécie é endêmica do sudeste brasileiro e se assemelha muito com outra catita, Monodelphis americana, também encontrada nas mesmas regiões de ocorrência, porém a M. iherengi é um pouco menor. Tem hábitos crepusculares e noturnos e costuma subir em arbustos e se esconder em buracos de troncos, mas também pode ser encontrado no solo.

Em breve esse e outros novos animais estarão disponíveis em nosso site, conheça e curta nossa fauna em:

http://www.bioventura.com.br/fauna.html

Agende uma aventura com a gente e conheça a natureza de perto. Acesse:

http://www.bioventura.com.br

04 DE OUTUBRO DE 2012 – DIAS DOS ANIMAIS.

Hoje é um dia especial, é o dia dos animais. Comemoramos um dia que celebra as milhares de formas vidas que compartilham o planeta conosco. Essa data, foi definida durante uma convenção de ecologistas em Florença na Itália em 1931, também é o dia de São Francisco de Assis, conhecido por ser o protetor do animais.

Dia 04/10 também homenageia São Francisco de Assis, o protetor dos animais.

Os principais objetivos da celebração do Dia Mundial do Animal são:

  • Sensibilizar a população para a necessidade de proteger os animais e a preservação de todas as espécies;
  • Mostrar a importância dos animais na vida das pessoas;
  • Celebrar a vida animal em todas as suas vertentes.

O Brasil é um dos países com maior biodiversidade em fauna do mundo e isso é mais um motivo para celebrarmos essa data. Vamos fazer nossa parte, pois com certeza, os animais já fazem a deles.

Parabéns a todos os animais, e isso inclui nós. Isso mesmo, também somos animais ou você esqueceu esse detalhe?

“Chegará o dia em que os homens conhecerão o íntimo dos animais, e, neste dia, um crime contra um animal será considerado um crime contra a humanidade”.
Leonardo da Vinci (1452-1519)

Conheça mais os homenageados do dia com o Bioventura em: http://www.bioventura.com.br/fauna.html

FURACÃO ARRASTA CARRO NO JAPÃO.

Um furacão ou tufão, como também é chamado em algumas partes do mundo, atingiu o Japão neste domingo, 30 de setembro de 2012.

Os ventos provocados pelo tufão Jelawat chegaram a 144 quilômetros por hora, segundo a agência meteorológica do Japão. As viagens de trens, incluindo os famosos trens bala, foram suspensas no domingo em regiões costeiras próximas a Tóquio, e cerca de 300 vôos domésticos foram cancelados. O “Jelawat”, o 17º tufão da temporada deixou até o momento dois morto e cerca de 180 feridos em sua passagem pelo Japão, informam as autoridades nesta segunda-feira (1º).

Árvore arrancada do solo pelos fortes ventos

Nas ilhas de Okinawa a passagem do tufão provocou cortes de energia em cerca de 96 mil casas, enquanto em Kagoshima, em Kyushu (sul), 49 mil residência também ficaram sem eletricidade. O mesmo ocorreu em 20 mil casas em Kansai (centro). Na ilha de Okinawa, no sul do país, imagens captadas por um cinegrafista amador na base militar americana mostram um carro sendo arrastado em um estacionamento pela força do vento. Veja as imagens abaixo:

Quer saber mais sobre furacões e outras forças da Natureza? Acesse: http://www.bioventura.com.br/forcasnaturais.html