Meteorito cai na Russia – 15/02/2013

meteoro-russia15022013-size-598

Conhecidência ou não, no mesmo dia que um asteróide, 0 2012DA14, está passando de raspão na Terra, outro acaba de cair na Russia.

Veja as incríveis imagens captadas por pessoas e câmeras de segurança no local da queda:

Ao menos 500 pessoas ficaram feridas após a queda de um meteorito na região dos Montes Urais, na Rússia, nesta sexta-feira. Onze estão em estado grave e foram levadas a centros médicos locais, segundo agências internacionais. A rocha, estimada em 10 toneladas, entrou na atmosfera e começou a se desfazer. Parte dela atingiu um lago na pequena cidade de Chebarkul, causando pânico entre moradores de todos os arredores. A onda de choque causada pelo fenômeno destruiu janelas e balançou prédios, enquanto equipes de resgate foram deslocadas para socorrer a população.

Segundo os pesquisadores a queda desse meteorito não tem ligação com a passagem do asteróide 2012DA14.

Acesse também o link abaixo e saiba mais sobre o asteróide 2012Da14.

2012DA14

agua

2012DA14 – O ASTERÓIDE QUE VAI PASSAR DE RASPÃO NA TERRA EM 15/02/2013.

2012DA14 Terra

O Bioventura está sempre atento aos fenômenos naturais. Pois eles afetam nossa vida e pode mostrar tanto beleza como trazer destruição. Dessa vez, novamente, devemos olhar para o céu… Hoje dia 15 de fevereiro de 2013, um asteróide passará muito próximo a Terra em escala astronômica.

Esse asteróide foi batizado com o nome de 2012 DA14 e foi descoberto em 22 de fevereiro de 2012 pelo observatório LSSS (A Sagra Sky Survey), situado no sudeste da Espanha.

 

Estação Espacial Internacional.

Estação Espacial Internacional.

O 2012 DA 14, tem cerca de 50 metros e um peso estimado de 130 mil toneladas e passará numa velocidade de 28 mil quilômetros por hora a  distância de apenas 27 mil quilômetros de nosso planeta, mais precisamente sobre a Indonésia as 17h30 no horário de Brasília.

 

 

Nessa distância, já existem satélites e outros objetos lançados por nós, como a Estação Espacial Internacional. Por isso, ele está sendo vigiado de perto pelos cientistas. Mas, podemos ficar todos tranquilos, segundo os  pesquisadores, essa rocha espacial vai passar bem perto , mas não oferece nenhum perigo para o nosso nós.

Em 2013, os cientistas devem estudar os campos gravitacionais da Terra e da Lua, para entender como eles interferem em sua trajetória, para calcular “o risco de impacto em futuras visitas” desse asteróide.

O 2012DA14 passará a apenas 27 mil quilômetros da Terra.

O 2012DA14 passará a apenas 27 mil quilômetros da Terra.

O asteróide 2012 DA 14 é parecido em tamanho com outro asteróide, que caiu em Tunguska na Sibéria em 30 de junho de 1908. Em 2011, também tivemos a visita do asteróide UY55 que passou a 325 mil quilômetros de nosso planeta e causou grande alvoroço. Se caísse na Terra poderia abrir uma cratera de 2 quilômetros e poderia destruir uma pequena cidade. Se caísse no mar causaria um gigantesco tsunami.

De acordo com a NASA, o 2012 DA 14 atingirá a menor distância já registrada por asteróide em relação a Terra. Os registros começaram em meados dos anos 90. De acordo com informações do site da Nasa, o asteroide chegará perto da Terra mais duas vezes durante sua órbita, mas a próxima vez em que essa proximidade será relevante será apenas em 2046, quando a distância será cerca de 1 milhão de quilômetros. Às 13h de ontem (14/02/2013) a página da agência na internet estimava que o asteroide estava a cerca de 643 mil quilômetros da Terra, aproximando-se a uma velocidade de 28,1 mil quilômetros por hora.

O asteróide se aproxima numa velocidade 28 mil k/h.

O asteróide se aproxima numa velocidade 28 mil k/h.

Para observar a passagem de “raspão”  do 2012DA14, pode-se utilizar telescópios convencionais. Mas, você precisa estar do outro lado do mundo para ver.

Para finalizar o assunto é bom saber as diferenças entre cometas, meteóros meteoritos e asteróides.

Cometas: São grandes e possui uma cauda longa composta por gelo e outras substâncias.

Meteóros: Quando a rocha entra na atmosfera e geram brilho.

Meteoritos: Quando chega ao chão sem se desintegrar.

Asteróides: Quando o corpo celeste não apresenta uma cauda como do cometa.

Fiquem tranquilos, o mundo não acaba hoje, de novo. Então, desfrutem dele e conheça suas belezas naturais.

Escolha uma aventura em: http://www.bioventura.com.br/roteiros.html

agua

Tornado derruba caminhões e helicóptero no sudeste dos EUA-31/01/2013.

tornado1

Os tornados voltam a mostrar sua força nos Estados Unidos

As tempestades antingiram o sudeste dos Estados Unidos provocando a morte de pelo menos duas pessoas e já traz prejuízos para seis estados. Os fortes ventos também derrubaram árvores, caminhões, casas e até um helicóptero que estava no solo.

O cinegrafista de uma TV local flagrou a passagem de um tornado na Geórgia. Quase todos os carros que trafegavam por essa estrada foram derrubados pela força do vento. Caminhões carregados viraram na pista. Um helicóptero ficou destruído. Equipes de resgate estão tentando localizar moradores presos nos escombros das casas.

tornadoOs tornados ainda não são bem compreendidos, mas se sabe que formam-se durante tempestades e que frequentemente ocorre chuva de granizo.

A formação ocorre com uma mudança na direção e no aumento na velocidade do vento. Isso pode criar uma movimentação rotatória que faz com que o ar quente que esta abaixo suba e o ar frio que esta acima desça. Essa mudança causa ainda mais o aumento dessa rotação e ajuda na intensificação do funil que chega ao solo e causa a suspensão de partículas e outros sedimentos deixando esse funil visível.

Geralmente eles se formam no final da tarde quando as tempestades acontecem com maior freqüência, mas também são comuns a noite.

Veja o video de um dos tornados passando:

Saiba mais sobre tornados e outras forças naturais em:

http://www.bioventura.com.br/forcasnaturais.html

agua

 

surfista-norte-americano-garret-mcnamara-desceu-onda-gigantesca-em-portugal-1359415823536_615x300

Todos que leêm nosso blog, sabem que quando há algo relacionado a natureza e ecoturismo, postamos por aqui. Surf… tem tudo a haver com ecoturismo e natureza.


O norte-americano Garret McNamara surfou nesta segunda-feira uma onda gigantesca na Praia do Norte, em Nazaré (Portugal). Ainda não foi feita a medição, mas ele pode ter quebrado seu próprio recorde de ondas gigantes, área em que é
especialista.

info_onda-giganteTambém na Praia do Norte, McNamara havia surfado uma onda de 27,5 metros em 2011, feito que foi para o livro dos recordes na oportunidade.


“Quero agradecer a todos vocês pelo apoio recebido, isso significa o mundo para mim. Hoje foi um dia incrível e foi muito divertido para mim estar lá”, escreveu McNamara em sua conta pessoal no Twitter.

 

 

Assista ao video da façanha:

 

 

Faça ecoturismo – acesse:

www.bioventura.com.bragua

 

 

 

 

CICLONE TROPICAL CRIA ESPUMA NO LITORAL AUSTRALIANO


australia espuma

Os moradores de Mooloolaba, na costa leste da Austrália, amanheceram e encontraram a cidade coberta de espuma. O mau tempo que atingiu a região com muitas chuvas e vento forte levou espuma do mar para a praia.

A partir daí, a espuma invadiu a cidade chegando a atingir três metros de altura, fechando ruas e quase alcançando os sinais de trânsito.

espuma australia1

Centenas de pessoas tiveram que ser retiradas de suas casas na cidade, por causa da passagem do ciclone tropical Oswald pelo estado australiano de Queensland.

Segundo a BBC, o caso é mais uma consequência da passagem do ciclone tropical Oswald pelo estado de Queenland, onde centenas de pessoas tiveram que ser retiradas de suas casas. A conclusão até agora é de que a espuma foi uma causa natural devido a turbulência na água causada pelo vento.

Assista ao video e veja como ficou a Austrália:

Saiba mais sobre outros fenômenos naturais em:

http://www.bioventura.com.br/forcasnaturais.html

agua

AS CIDADES MAIS VISITADAS NO MUNDO.

Hong Kong a campeã

Hong Kong a campeã

Estudo divulgado pela empresa de pesquisas Euromonitor International apresenta as 100 cidades mais visitadas por turistas estrangeiros em 2011. O ranking, liderado por Hong Kong, na China, com 21,8 milhões de visitantes (9% de crescimento), tem apenas seis cidades latino-americanas. A primeira latina é Buenos Aires, com 2,96 milhões de turistas (metade dos quais deve ser de brasileiros). A capital Argentina ficou em 43° lugar. A Cidade do México, com 2,8 milhões está em 47°, seguida de Cancun (53°) e Lima (54°). O Brasil está representado pelo Rio de Janeiro (86° com 1,7 milhão) e São Paulo (89°, com 1,6 milhão).

A cidade maravilhosa é esta quase no fim da fila.

Acreditem… A cidade maravilhosa é esta na posição 86 quase no fim da fila.

As visitações a essas 100 cidades em 2011, ano que já mostrava recuperação da crise iniciada em 2008 e ainda não extinta, cresceram 7% ainda de acordo com a Euromonitor. O sucesso de Hong Kong é justificado pelos turistas chineses, mas também pelas ações do Turismo de Honk Kong nos países vizinhos. Tanto que mercados como Indonésia, Coréia do Sul, Cingapura, Malásia e Tailândia tiveram crescimentos de dois dígitos no envio de visitantes para Hong Kong.

Cingapura e Londres se mantiveram na segunda e terceira posições e a Euromonitor explica que a primeira se beneficiou de grandes eventos em 2011 e a segunda pelo mix de opções de entretenimento e por ser a cidade com a melhor malha aérea da Europa.

Cingapura e Londres.

Cingapura e Londres.

“Enquanto muitas cidades mantiveram seus rankings de anos anteriores, Ho Chi Minh e Hanói cresceram 40% pelo segundo ano consecutivo”, destacou Caroline Bremmer, chefe de pesquisas para Viagens e Turismo da Euromonitor, que prevê um crescimento ainda maior para essas 100 cidades nos números de 2012.

Cidades mais visitadas por estrangeiros (2011)

1 – Hong Kong (21,8 milhões)
2 – Cingapura (19,8 milhões)
3 – Londres, a primeira europeia (15,1 milhões)
4 – Kuala Lumpur, na Malásia (13,3 milhões)
5 – Macau, também na China (12,9 milhões)
6 – Bancoc, na Tailândia (12,3 milhões)
7 – Antalya, na Turquia (12 milhões)
8 – Shenzhen, na China (10,9 milhões)
9 – Nova York, a primeira americana (10 milhões)
10 – Istambul, também na Turquia (9,7 milhões)
11 – Guangzhou, na China (8,8 milhões)
12 – Paris (8,4 milhões)
13 – Dubai (7,7 milhões)
14 – Xangai, na China (6,9 milhões)
15 – Miami (6,4 milhões)
16 – Meca, na Arábia Saudita (6,4 milhões)
17 – Pattaya, na Tailândia (6 milhões)
18 – Roma (5,9 milhões)
19 – Las Vegas (5,3 milhões)
20 – Barcelona (5,3 milhões)

São Paulo vem na posição 89 atrás do Rio de Janeiro.

São Paulo vem na posição 89 atrás do Rio de Janeiro.

Fonte: Panrotas

Escolha um destino de aventura e viaje com o Bioventura.

http://www.bioventura.com.br/roteiros.html

logo bioventura

LULA GIGANTE É FILMADA PELA PRIMEIRA VEZ.

lula-gigante

Após anos de procura, cientistas afirmam ter conseguido pela primeira vez imagens em vídeo de uma lula gigante, em seu habitat natural no fundo do mar.

O inveterbrado de três metros de comprimento foi filmado de um veículo submarino tripulado, durante uma série de mergulhos no Pacífico, no ano passado, em uma expedição patrocinada pela TV japonesa NHK, o canal americano Discovery Channel e o Museu Nacional de Natureza e Ciência do Japão.

A NHK divulgou imagens do animal esta semana, antes de seu programa especial no domingo sobre a descoberta. O Discovery vai transmitir seu especial nos Estados Unidos no dia 27 de janeiro.

A lula, que não tem seus dois tentáculos mais longos, foi vista nas águas a leste da ilha de Chichi a cerca de mil quilômetros a sul de Tóquio, segundo a NHK. A equipe a seguiu até a profundidade de 900 metros. Pouco se sabe sobre o animal porque seu habitat dificulta as pesquisas dos cientistas, que também não sabem explicar a falta de seus tentáculos. Outros espécimes foram encontrados mortos em praias , mas nunca filmados em seu habitar, explicam os pesquisadores.

AP Photo/ NHK/NEP/Discovery Channel

AP Photo/ NHK/NEP/Discovery Channel

O zoológo japonês Tsunemi Kubodera, que estava a bordo do submarino durante o encontro, conseguiu atrair a lula gigante com uma outra lula menor, de um metro de comprimento. Todas as luzes do veículo estavam desligadas enquanto esperavam. A uma profundidade de 640 metros, a lula gigante apareceu e envolveu seus tentáculos na isca, a comeu por 20 minutos e depois foi embora. “Foi possível gravar o momento em que a lula gigante ataca sua presa,” disse Kubodera, que estuda o animal desde 2002. Outros cientistas envolvidos, que registrou 400 horas de mergulho, foram Edith Widder, dos Estados Unidos, e Steve O’Shea, da Nova Zelândia.

A NHL afirmou ter desenvolvido uma câmera especial em alta definição para o projeto, que funciona em grandes profundidades e usa um comprimento de onda de luz especial, invisível aos olhos da lula.

Segundo Kubodera, o que tornou o encontrou possível foi a união de pesquisa científica, tecnologia e a isca certa, e o projeto vai ajudar a entender melhor a fauna do oceano profundo. Depois de mais uma década mergulhando em busca da lula gigante, ele se deleitou com o momento em que se viu cara a cara com o animal. “Ela apareceu apenas uma vez, de 100 mergulhos. Então, em um relacionamento de dez anos em que procuro pelas lulas gigantes, dessa vez, foi ela que veio ao meu encontro,” afirmou.

Fonte: iG.

Saiba mais sobre natureza em:

http://www.bioventura.com.br/fauna.html

logo bioventura